02/08/2016

Inseto tem cor preferida?

 

Armadilhas adesivas de cores variadas podem ser usadas no monitoramento de pragas e inimigos naturais

 

 

Talvez você tenha, ou não, uma cor que goste mais, assim como os insetos! E isso acontece porque algumas espécies são atraídas por comprimentos de onda específicos. Assim, essa característica pode (e é) utilizada a favor da proteção das culturas, colocando-se placas adesivas coloridas em uma estufa, por exemplo, para atrair os insetos e monitorar a população existente ali.
 

O monitoramento de pragas e predadores em uma cultura é uma prática fundamental para que o Manejo Integrado de Pragas (MIP) aconteça. Várias armadilhas podem ser colocadas na plantação, como armadilhas com substâncias químicas que atraem os insetos, armadilhas de sucção e inclusive as placas coloridas, onde os insetos voadores ficam colados e a contagem dos indivíduos pode ser feita.
 

Pesquisadores testaram a eficiência de armadilhas adesivas amarelas e azuis no monitoramento do percevejo predador Macrolophus pygmaeus, um importante inimigo natural da mosca-branca (Trialeurodes vaporariorum), tanto em laboratório quanto em estufa, em um sistema predador-praga de cultivo de tomates.

 

Os resultados mostraram que adultos de Macrolophus pygmaeus não têm preferência entre as duas cores consideradas no estudo e, portanto, o monitoramento pode ser feito com sucesso tanto com armadilhas azuis quanto com amarelas. Porém, quando a população estava em fase de crescimento, foi registrada maior atração por armadilhas azuis.

 

O estudo lembra que é importante manter as armadilhas amarelas no ambiente, devido à preferência da mosca-branca, Trialeurodes vaporarioum, por esta cor. Desta maneira, as armadilhas devem ser combinadas para que as populações de pragas e predadores sejam monitoradas corretamente, fortalecendo as vantagens de seu uso por ser uma forma simples e com relação custo-benefício favorável.


 

29/07/2016 DefesaVegetal.Net

Para saber mais:

Böckmann & Meyhöfer (2016)