07/02/2013

Novas tecnologias para o combate da mosca

 

 

Uma das grandes dificuldades para o controle de mosca-das-frutas é que elas vem de fora do pomar em grande quantidade e buscam imediatamente algo para se alimentar ou uma fruta para colocar os ovos de sua prole. Muitas vezes os produtores são surpeendidos por estes ataques sem aviso. Uma das estratégias de defesa é pulverizar nas bordas do pomar uma mistura de melaço, água e inseticida. As moscas que estão entrando no pomar encontram fartura de alimentação na isca-tóxica e ao se alimentarem ingerem o inseticida e morrem. 


A técnica de isca-tóxica é amplamente utilizadas pelos produtores de frutas. Porém falhas no sistema tem gerado dúvidas sobre a tecnologia: o melaço não é um bom atrativo, as chuvas lavam a isca aplicada e os raios solares degradam o inseticida, obrigando o produtor a fazer uma aplicação a cada 3 dias. Além disso as abelhas eram atraidas para a isca tóxica tornando impeditivo o uso de isca-tóxica na florada.

Recentemente o produtor de fruta passou a contar o ANAMED, uma produto inovador que dispensa a água na mistura, possui na sua formula diversos atrativos para mosca-das-frutas, incapsula na sua formula o inseticida quando misturados fazendo que a isca-tóxica resista a chuva e aos raios UV, duranto por mais que duas semanas. Além disso não atrai abelhas.